Ursos das cavernas foram extintos por serem vegetarianos

56

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Os hábitos alimentares de urso das cavernas explicam sua extinção há 25.000 anos, de acordo com um estudo publicado no Journal of Quaternary Science.

A pesquisa foi baseada no estudo da composição isotópica de seu colágeno ósseo, o que ajudou a mostrar que esses grandes mamíferos viviam com uma dieta puramente vegetariana, e assim não resistiram a última Era Glacial pela falta de alimentos.

Hoje os ursos são onívoros. Dependendo da época do ano, eles estão devorando plantas, cogumelos, frutas e pequenos e grandes mamíferos. Da mesma forma, em outros momentos eles estão consumindo peixes e insetos. Mas “a história do urso das cavernas é muito diferente. As novas descobertas sugerem que os parentes extintos destes ursos pardos viviam em uma dieta estritamente vegetariana”, sublinhou o principal autor da pesquisa, Hervé Bocherens.

O urso das cavernas (Ursus spelaeus) viveu na Europa durante o último período glacial, cerca de 400.000 anos atrás até que se tornou extinto cerca de 25.000 anos atrás. Com um comprimento de 3,5 metros e uma altura de 1,7 metros, ombro a ombro, estes ursos foram estendidos a partir do norte da Espanha para os Urais e foram visivelmente maiores do que seus parentes modernos. [Europa Press]

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...