Veja a imagem da semana capturada pelo ESO

Créditos: ESO
6

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

NOTA: A imagem possui um alto nível de detalhes, portanto, demorará para carregar.

Créditos: ESO
Créditos: ESO

Essa imagem mostra uma região da Via Láctea localizada na constelação de Escorpião, perto do plano central da galáxias. O local abriga uma densa nuvem de poeira e gás associada com a nebulosa molecular IRAS 16562-3959, que está visível na mancha alaranjada central da imagem.

Nebulosas como essa são um terreno fértil para a formação de novas estrelas. No centro dela, temos um objeto brilhante conhecido como G345.4938+01.4677, que consiste em uma estrela na sua fase inicial. O objeto é 15 vezes mais massivo do que o Sol e foi descoberto pelo Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA).

Essa imagem foi feita usando o Visible and Infrared Survey Telescope for Astronomy (VISTA), que é parte do ESO, no Deserto do Atacama.

 

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...