Você precisa ver este vídeo da NASA sobre as mudanças climáticas nos últimos 140 anos

Quando você é uma pessoa vivendo entre 7,6 bilhões de pessoas em um pequeno planeta em apenas um sistema solar em apenas um dos bilhões de galáxias do Universo – com certeza, pode ser difícil entender o nível das mudanças climáticas que afetam a Terra no momento.

Mas o fato inegável é que o nosso planeta está passando por um aquecimento global em uma escala que nós, seres humanos modernos, não experimentamos – e você pode ver isso com seus próprios olhos em um recente vídeo lançado pela NASA.

Em apenas 36 segundos, este vídeo abrange a história das temperaturas da superfície global da Terra desde que os registros começaram em 1880 – até 2017, com a segunda temperatura mais quente já registrada, de acordo com a NASA.

A NASA reúne seus dados de temperatura da superfície do planeta a partir de uma vasta rede de 6.300 estações meteorológicas, navios, boias e estações de pesquisa. É uma das três principais representações de temperatura desse tipo, e todas mostram praticamente a mesma tendência.

Com cores simples, o vídeo representa as tendências das médias globais de temperatura, conforme elas se modificam em relação à média do meio do século XX – uma medida conhecida como anomalia de temperatura.

No século 19, e durante a metade do século 20, as temperaturas flutuavam nitidamente no mapa – azul em algumas áreas, laranja e vermelho em outras, onde as coisas ficavam mais quentes.

Mas há uma mudança angustiante em algum lugar nos anos 80, à medida que o mundo é lentamente dominado por amarelos, laranjas e mais e mais vermelhos, até parar na bola de fogo dos últimos cinco anos.

Esses cinco anos – de 2013 a 2017 – são oficialmente os cinco anos mais quentes registrados.

“Os últimos três anos foram os três anos mais quentes em termos de registros de temperatura. Isso faz parte de uma tendência de aquecimento de longo prazo”, disse Petteri Taalas, secretário-geral da Organização Meteorológica Mundial, em novembro do ano passado.

Então, sim, o aquecimento global está acontecendo. E, a propósito, o termo “aquecimento global” não foi substituído por “mudança climática”: eles se referem a dois fenômenos diferentes e interligados.

Traduzido e adaptado de Science Alert.

Comentários
Carregando...