Quantos vulcões estão em erupção ativa hoje? Mais do que você imagina

por Lucas
0 comentário 63 visualizações

Nosso planeta abriga uma infinidade de vulcões ativos, cada um deles um testemunho do interior dinâmico da Terra. Geólogos, com o auxílio de instituições como o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) e o Programa Global de Vulcanismo do Smithsonian, monitoram diligentemente esses caldeirões naturais. Seus dados revelam uma imagem fascinante, embora alarmante: aproximadamente 1.350 vulcões potencialmente ativos estão espalhados pelo globo, com cerca de 170 localizados nos Estados Unidos e seus territórios. A maioria desses gigantes geológicos está situada ao longo do volátil “Anel de Fogo” no Pacífico, uma região notória por sua intensa atividade sísmica devido ao constante choque de placas tectônicas.

Apesar deste número elevado, um grupo relativamente pequeno desses vulcões está ativamente em erupção a qualquer momento. O Relatório Semanal de Atividade Vulcânica, um esforço colaborativo entre o Smithsonian e o USGS, fornece atualizações detalhadas sobre esses vulcões em erupção. Até o último relatório, datado de 14 de novembro de 2023, há 19 vulcões em estado de erupção ativa:

  1. Reykjanes, Península de Reykjanes, Islândia
  2. Aira, Kyushu, Japão
  3. Dukono, Halmahera, Indonésia
  4. Ebeko, Ilha Paramushir, Rússia
  5. Etna, Sicília
  6. Fuego, Guatemala
  7. Great Sitkin, Ilhas Andreanof, EUA
  8. Lewotolok, Ilha de Lembata, Indonésia
  9. Mayon, Luzon, Filipinas
  10. Merapi, Java Central
  11. Popocatepetl, México
  12. Rincón de la Vieja, Costa Rica
  13. Santa María, Guatemala Sudoeste
  14. Semeru, Java Oriental
  15. Sheveluch, Kamchatka Central, Rússia
  16. Shishaldin, Ilhas Fox, EUA
  17. Suwanosejima, Ilhas Ryukyu, Japão
  18. Taal, Luzon, Filipinas
  19. Villarrica, Chile Central

A Erupção Contínua: Vulcões em Atividade Persistente

O fenômeno da atividade vulcânica contínua é tanto intrigante quanto preocupante. Um total de 46 vulcões são classificados como estando em um “status de erupção contínua”. Isso significa que esses vulcões têm experimentado eventos eruptivos pelo menos a cada três meses sem interrupção. A lista inclui:

  • Ulawun, Papua Nova Guiné
  • Shishaldin, EUA
  • Ubinas, Peru
  • Klyuchevskoy, Rússia
  • Mayon, Filipinas
  • Kikai, Japão
  • Etna, Itália
  • Nishinoshima, Japão
  • Ebeko, Rússia
  • Kavachi, Ilhas Salomão
  • Rincón de la Vieja, Costa Rica
  • Krakatau, Indonésia
  • Great Sitkin, EUA
  • Merapi, Indonésia
  • Lewotolok, Indonésia
  • Sangay, Equador
  • Tinakula, Ilhas Salomão
  • Karangetang, Indonésia
  • Nyamulagira, RD Congo
  • Semeru, Indonésia
  • Ol Doinyo Lengai, Tanzânia
  • Aira, Japão
  • Bezymianny, Rússia
  • Sabancaya, Peru
  • Langila, Papua Nova Guiné
  • Masaya, Nicarágua
  • Tofua, Tonga
  • Villarrica, Chile
  • Nevado del Ruiz, Colômbia
  • Saunders, Ilhas Sandwich do Sul (Reino Unido)
  • Manam, Papua Nova Guiné
  • Heard, Austrália
  • Reventador, Equador
  • Ibu, Indonésia
  • Popocatepetl, México
  • Suwanosejima, Japão
  • Nyiragongo, RD Congo
  • Fuego, Guatemala
  • Bagana, Papua Nova Guiné
  • Sheveluch, Rússia
  • Erebus, Antártica
  • Erta Ale, Etiópia
  • Stromboli, Itália
  • Dukono, Indonésia
  • Santa María, Guatemala
  • Yasur, Vanuatu

Vários desses vulcões, como Stromboli na Itália e Monte Yasur em Vanuatu, estão em erupção há décadas, se não séculos. Atualmente, a Península de Reykjanes na Islândia está sob vigilância devido a um aumento na atividade sísmica, sugerindo uma erupção iminente que poderia durar séculos. Essa situação sublinha a importância do monitoramento contínuo e da pesquisa na compreensão e previsão do comportamento vulcânico, crucial para a segurança e preparação das populações próximas.

Deixar comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.