‘Terra primitiva’: cientistas encontram planeta afogado em oceano de lava

por Lucas
0 comentário 140 visualizações

O exoplaneta HD 63433 d, descoberto a 73 anos-luz de distância, apresenta uma comparação fascinante com os estágios iniciais da Terra, embora com alguns contrastes marcantes. Este mundo recém-descoberto é ligeiramente maior que a Terra e orbita uma estrela semelhante ao sol. Notavelmente, é o menor planeta descoberto que tem menos de 500 milhões de anos, proporcionando um vislumbre único da formação inicial dos planetas terrestres.

Atualmente, a Terra é o único planeta conhecido que suporta vida. Compreender a formação e evolução de planetas semelhantes à Terra, particularmente aqueles que orbitam estrelas semelhantes ao sol, é crucial para os cientistas. Esse conhecimento ajuda a identificar as condições necessárias para a vida surgir em outros lugares do universo.

O HD 63433 d compartilha algumas semelhanças com a Terra, mas também difere de formas extremas e intrigantes. Segundo a astrofísica Melinda Soares-Furtado da Universidade de Wisconsin-Madison, que co-liderou a pesquisa com o astrônomo Benjamin Capistrant da Universidade da Flórida, “É um planeta útil porque pode ser como uma Terra inicial”. Apesar de sua órbita próxima à sua estrela, o planeta oferece a oportunidade de estudar a emissão e a perda de gases atmosféricos, que são fatores importantes para entender como os mundos terrestres evoluem.

cientistas encontram planeta afogado em oceano de lava

A descoberta do HD 63433 d foi feita usando o telescópio caçador de exoplanetas TESS, que detecta exoplanetas observando quedas regulares na luz estelar causadas pela passagem de um planeta. Ao analisar essas mudanças de luz, os astrônomos podem determinar o tamanho e a massa desses exoplanetas.

A estrela HD 63433 é uma anã amarela, semelhante em tamanho, massa e perfil de temperatura ao Sol. No entanto, é significativamente mais jovem, tendo pouco mais de 400 milhões de anos, em contraste com os 4,5 bilhões de anos do Sol. Essa juventude se estende a seus exoplanetas em órbita, com três identificados até agora: dois mini-Netunos encontrados em 2020 e o HD 63433 d.

Dados de trânsito revelam que o HD 63433 d tem 1,1 vezes o raio da Terra. Embora sua massa ainda não seja conhecida, seu tamanho sugere uma composição terrestre e rochosa semelhante a planetas como Terra, Marte ou Vênus. O exoplaneta orbita sua estrela a cada 4,2 dias em um caminho muito apertado, provavelmente resultando em travamento por maré, onde um lado sempre enfrenta a estrela. Essa proximidade leva a temperaturas extremas na superfície do planeta, possivelmente criando um vasto oceano de lava. A temperatura do lado diurno é estimada em 1.570 Kelvin (1.297 Celsius ou 2.366 Fahrenheit).

Para comparação, a Terra nunca esteve tão perto do Sol. No entanto, a Terra pode ter alcançado temperaturas de até 2.300 graus após uma grande colisão teorizada para ter formado a Lua.

Ainda há muitas incógnitas sobre o HD 63433 d. Estudos futuros visam determinar mais detalhes, incluindo sua massa. Essas informações permitiriam aos cientistas calcular sua densidade, fornecendo insights sobre a composição do planeta. Há também a possibilidade de detectar uma atmosfera e analisar seus constituintes.

Soares-Furtado destaca a importância desta descoberta em nossa vizinhança solar. Ela levanta questões sobre as informações que podem ser obtidas de uma estrela com um sistema lotado e suas implicações para nossa compreensão de outras estrelas semelhantes no jovem grupo ao qual o HD 63433 pertence.

O HD 63433 d é o exoplaneta conhecido mais próximo da Terra com um raio semelhante ao da Terra orbitando uma estrela jovem. A equipe de pesquisa está ansiosa para descobrir mais sobre este exoplaneta nos próximos meses, potencialmente ampliando nossa compreensão da formação de planetas e das condições que podem suportar vida.

Esta pesquisa foi documentada e publicada no The Astronomical Journal.

Deixar comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.