Autoridades alertam as pessoas para não tocarem em uma substância misteriosa em praias

por Lucas
0 comentário 6 visualizações

Moradores da costas do norte do Oregon ou do sul de Washington, nos EUA, foram surpreendidos com uma coisa desagradável aparecendo nas praias, e não é alga ou madeira flutuante. Estamos falando de bolas e manchas oleosas de piche que estão surgindo nas praias e causando um caos tanto para as pessoas quanto para a vida selvagem.

Primeiro, essas bolas de piche começaram a aparecer no dia 19 de maio e, desde então, se espalharam por uma área de 240 quilômetros, desde Long Beach, em Washington, até Waldport, em Oregon. E não é apenas nojento; é perigoso para a vida selvagem. Pássaros, especialmente os marinhos, estão sendo cobertos com essa substância, e infelizmente, alguns foram encontrados mortos.

Autoridades alertam as pessoas para não tocarem em uma substância misteriosa em praias

Então, o que é essa gosma misteriosa? É à base de petróleo, mas é tudo o que sabemos com certeza. A origem do derramamento ainda é um grande ponto de interrogação. O Comando Unificado, que inclui a Guarda Costeira dos EUA, o Departamento de Qualidade Ambiental de Oregon (DEQ) e o Departamento de Ecologia de Washington, está investigando. Eles têm testado a substância e até planejaram uma vigilância aérea para rastrear de onde ela vem.

As pessoas foram alertadas a não tocar na substância. O DEQ de Oregon alertou especificamente que essa coisa é super pegajosa e pode grudar na sua pele, cabelo e roupas. Eles disseram: “Você não quer passar seu dia de praia esfregando piche do seu cabelo. Se você acabar se sujando, use sabão e água, óleo de bebê, shampoo ou detergente para limpar. Fique longe de solventes ou produtos combustíveis – eles só vão piorar as coisas.”

Embora possa ser tentador bancar o herói e salvar os pássaros sozinho, manusear sem treinamento pode fazer mais mal do que bem. É perigoso para os animais e para as pessoas, que foram incentivadas a relatar qualquer vida selvagem coberta de óleo às autoridades e deixar os socorristas treinados cuidarem da situação. Eles têm o equipamento e o conhecimento certos para limpar os animais sem causar mais danos.

Deixar comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.