A ‘fórmula da felicidade’ que Einstein deu a um jovem carteiro

por Lucas
4 comentários 623 visualizações

Em novembro de 1922, Albert Einstein, uma figura central na história da ciência, estava hospedado no Hotel Imperial em Tóquio, Japão. A visita de Einstein ao Japão teve principalmente razões acadêmicas e coincidiu com seu recente recebimento do Prêmio Nobel de Física. Durante esse período, ocorreu uma interação intrigante entre Einstein e um jovem carteiro no hotel.

O carteiro chegou para entregar um pacote a Einstein. Em vez de uma gorjeta monetária tradicional, Einstein ofereceu ao carteiro duas notas manuscritas. Essas notas, escritas em alemão, continham mensagens que refletiam as perspectivas de Einstein sobre a vida e a felicidade.

A primeira nota traduzida dizia: “Uma vida humilde e tranquila traz mais felicidade do que a busca pelo sucesso e a constante inquietação que isso implica.” Essa mensagem sugeriu a crença de Einstein no valor da modéstia e da tranquilidade em detrimento da ambição implacável e da inquietação perpétua. A segunda nota era mais concisa, afirmando: “Onde há vontade, há um caminho.” Esta frase destacou a importância da determinação e da perseverança.

O jovem carteiro, reconhecendo a importância dessas mensagens vindas de um renomado físico, valorizou essas notas. Elas não eram apenas valiosas pelo seu conteúdo, mas também porque foram escritas pelo próprio Einstein.

Décadas depois, em 2017, essas notas ressurgiram em um leilão público realizado pela Winner’s Auctions em Jerusalém. As notas foram leiloadas por um descendente do carteiro original. Inicialmente estimadas com um lance inicial de $2.000, o leilão testemunhou um aumento exponencial no valor, com o preço final de venda atingindo $1,3 milhão. Esse dramático escalonamento no preço refletiu o valor histórico e sentimental das notas, atribuído à fama de Einstein e ao apelo universal de suas mensagens.

O impacto de Einstein estendeu-se além de suas realizações científicas. Ele é lembrado não apenas por suas contribuições revolucionárias à física, particularmente a teoria da relatividade, mas também por suas percepções filosóficas e reflexões pessoais. Ao longo de sua vida, Einstein expressou inúmeros pensamentos sobre vários assuntos por meio de suas cartas e diários.

Uma de suas citações bem conhecidas, relacionada à busca pela felicidade, foi: “Se você quer uma vida feliz, vincule-a a um objetivo, não a pessoas ou objetos.”

Deixar comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

4 comentários

Paulo Ferreira 29/12/2023 - 20:26

Muito bom e interessante, parabéns a você e a Einstein por sua genialidade!
Paulo Ferreira. Volta Redonda – RJ

Comentar
Ademar Oliveira 30/12/2023 - 12:36

Boa matéria. Mas quando colocar valores monetários, não coloque apenas “$” como se houvesse uma moeda única do mundo. Levei a maior bronca do chefe de redação por ter este comportamento e também por não datar uma matéria mesmo de interesse permanente. “Mesmo havendo data na página do impresso, encontre uma forma inserir pelo menos o país em que você está e a data em que você escreve. Colabore com os seus biógrafos”, dizia ele.

Comentar
Ivan 31/12/2023 - 14:20

No fim o carteiro se deu bem, ou ambição, pois deixou alguém rico

Comentar
Adriano Araújo Fernandes 31/12/2023 - 20:55

Kkkkkk não de valor a dinheiro, e a mesma foi vendida por todo este valor kkkkkkk

Comentar