Novas imagens revelam que Netuno não é nada parecido com o que pensávamos

por Lucas
0 comentário 14 visualizações

Uma nova análise de imagens mais antigas levou a uma revisão significativa em nosso entendimento da cor de Netuno. Desde a passagem da espaçonave Voyager 2 por Netuno e Urano, cientistas têm sido intrigados pelas cores diferentes desses dois planetas, que são muito semelhantes em vários aspectos.

As imagens capturadas pela Voyager 2 retratavam Urano com uma tonalidade aquática semelhante à de um ovo de pato, enquanto Netuno parecia ter uma tonalidade mais escura, similar ao lápis-lazúli. Isso era intrigante porque as composições atmosféricas de Urano e Netuno são quase idênticas.

No entanto, o recente reprocessamento dos dados da Voyager 2 revelou um grande erro em nosso entendimento anterior. Acontece que Urano e Netuno são na realidade muito mais próximos em cor do que se acreditava anteriormente. A discrepância na percepção da cor foi devido à maneira como as imagens da Voyager 2 foram processadas. Especificamente, as imagens de Netuno foram processadas para enfatizar o contraste e aprofundar sua verdadeira cor, resultando em uma aparência mais azulada do que realmente é.

O físico planetário Patrick Irwin, da Universidade de Oxford, explicou que enquanto as imagens da Voyager 2 de Urano foram publicadas de uma forma mais próxima de sua verdadeira cor, as imagens de Netuno foram artificialmente realçadas para parecerem muito azuis. Essa cor artificialmente saturada era conhecida na época entre os cientistas planetários, e as imagens foram divulgadas com legendas explicando isso. No entanto, com o tempo, a distinção se perdeu. Aplicando um novo modelo aos dados originais, Irwin e sua equipe reconstruíram a representação mais precisa das cores de Netuno e Urano.

Irwin et al./University of Oxford

Imagens antigas da Voyager 2 / Imagens reprocessados no novo estudo. Irwin et al./Universidade de Oxford

A crença de longa data de que as imagens da Voyager 2 não refletiam precisamente as verdadeiras cores de Urano e Netuno era conhecida, mas as cores reais eram incertas. Para abordar isso, a equipe de Irwin usou dados do Espectrógrafo de Imagens do Telescópio Espacial Hubble (STIS) e do Explorador Espectroscópico Multi Unidade do Very Large Telescope. Eles determinaram independentemente a verdadeira cor dos dois planetas usando esses dados e, em seguida, reprocessaram não apenas as imagens da Voyager 2, mas também imagens da Câmera de Campo Amplo 3 do Hubble. Essas imagens também haviam sido processadas anteriormente para mostrar um Netuno de tonalidade mais escura.

As imagens recém-processadas revelam Netuno como sendo muito mais claro do que se pensava anteriormente, com sua cor mais parecida com a de Urano. A principal diferença é que Netuno é ligeiramente mais azulado, provavelmente devido a uma camada mais fina de névoa atmosférica.

Além disso, a pesquisa forneceu insights sobre por que Urano muda de cor ligeiramente ao longo de seu ano de 84 anos terrestres. No solstício, quando um de seus polos enfrenta o Sol, o planeta parece ligeiramente mais verde. No equinócio, quando o equador enfrenta o Sol, ele se torna ligeiramente mais azulado. Essa mudança é atribuída à orientação incomum de Urano, onde seu eixo de rotação fica perpendicular ao plano orbital do Sistema Solar. Os polos de Urano têm menos metano do que o equador, afetando como o planeta reflete a luz do sol, já que o metano absorve comprimentos de onda vermelhos.

Modelagens adicionais revelaram uma névoa de gelo de metano que se espessa à medida que Urano se move do equinócio para o solstício, aumentando a refletividade do planeta e causando sua mudança de cor, semelhante a um anel de humor.

A astrônoma Heidi Hammel, da Associação de Universidades para Pesquisa em Astronomia, que não esteve envolvida na pesquisa, comentou que o mal-entendido sobre a cor de Netuno e as mudanças de cor incomuns de Urano têm sido questões desafiadoras por décadas. Espera-se que este estudo abrangente resolva ambos os problemas de forma conclusiva.

Deixar comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.