As pessoas estão perguntando se não há oxigênio no espaço, como o Sol está pegando fogo?

por Lucas
0 comentário 253 visualizações

Vamos direto ao ponto de uma pergunta que aparece o tempo todo: “Se não tem oxigênio no espaço, como é que o Sol está pegando fogo?”

Primeiro de tudo, vamos esclarecer isso. O espaço não é completamente desprovido de oxigênio. Cientistas encontraram oxigênio molecular aqui e ali, como na Nebulosa de Órion e em alguns outros pontos cósmicos. Mas é super raro e definitivamente não é suficiente para incendiar o Sol. A ideia de fogo como o conhecemos—madeiras crepitando, histórias em volta da fogueira, marshmallows—é algo exclusivo da Terra. O fogo precisa de oxigênio atmosférico livre, e cerca de 16% do nosso ar é O2. Boa sorte encontrando isso em qualquer outro lugar do nosso sistema solar, ou mesmo do universo.

Então, se o Sol não está queimando como a churrasqueira do seu quintal, o que está acontecendo? O Sol é uma bola massiva de hidrogênio e hélio. Cerca de 91% hidrogênio e 8,9% hélio, se contarmos os átomos, e aproximadamente 70,6% hidrogênio e 27,4% hélio em massa. Oxigênio? Quase nada. Em vez disso, o Sol gera calor e luz através da fusão nuclear, não da combustão. Portanto, o Sol NÃO está pegando fogo.

Aqui está a informação da NASA: A enorme força gravitacional do Sol cria uma pressão intensa e temperaturas em seu núcleo — cerca de 15 milhões de graus Celsius. Este calor e pressão são suficientes para sustentar a fusão nuclear. Átomos de hidrogênio se juntam para formar hélio e, nesse processo, liberam enormes quantidades de energia. É como a usina de energia mais extrema do sistema solar.

Agora, você deve estar se perguntando: Se o Sol não está “pegando fogo” no sentido tradicional, como sentimos seu calor na Terra? O espaço é basicamente um vácuo, então não há partículas suficientes para transportar calor por condução ou convecção. Em vez disso, a energia do Sol viaja até a Terra como radiação solar. Isso inclui todos os tipos de ondas eletromagnéticas, desde luz visível até raios ultravioleta.

Quando essas ondas atingem a Terra, elas interagem com partículas na nossa atmosfera e no solo, aquecendo-as. É por isso que você pode sentir o calor do Sol na sua pele em um dia ensolarado. Não é calor direto do Sol, mas a interação da radiação solar com o nosso ambiente.

Então, não, o Sol não é uma fogueira gigantesca no céu. É um reator nuclear, gerando energia através da fusão. E temos a sorte de aproveitar seu brilho a 150 milhões de quilômetros de distância. Agora vá e mostre esse conhecimento da próxima vez que alguém perguntar como o Sol pode “queimar” sem oxigênio. Você vai ser a pessoa mais sábia da sala.

Deixar comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.