Estamos prestes a descobrir o quão perto estamos do Dia do Juízo Final

por Lucas
0 comentário 712 visualizações

O Relógio do Juízo Final, criado em 1947 pelo Boletim dos Cientistas Atômicos, serve como uma representação simbólica da proximidade da humanidade com uma catástrofe global, sendo a meia-noite um símbolo do apocalipse. Originalmente inspirado pela escalada de ameaças nucleares após a Segunda Guerra Mundial, especialmente entre a União Soviética e os Estados Unidos, o relógio desde então ampliou seu escopo para incluir várias ameaças globais.

A cada ano, o Conselho de Ciência e Segurança do Boletim, em consulta com seu Conselho de Patrocinadores composto por 10 laureados com o Prêmio Nobel, define o horário do relógio. Fatores que influenciam a configuração do relógio incluem segurança nacional, mudanças climáticas e perigos nucleares. Atualmente, o relógio marca 90 segundos para a meia-noite, o mais próximo que já esteve do simbólico horário.

A decisão de adiantar o relógio em 2023 em 10 segundos, definindo-o para 100 segundos para a meia-noite, foi fortemente influenciada pela invasão russa da Ucrânia e pelas preocupações associadas sobre o possível uso de armas nucleares no conflito. Esse avanço marcou a continuação de uma tendência observada nos últimos anos, onde o relógio se moveu mais perto da meia-noite em três dos últimos quatro anos antes de 2022. No entanto, em 2019, não houve mudança na configuração do relógio, enquanto em 2018, ele foi adiantado em 30 segundos, trazendo-o para dois minutos antes da meia-noite.

O Relógio do Juízo Final não apenas reflete a situação global atual, mas também atua como um alerta e um chamado à ação para líderes e cidadãos ao redor do mundo para enfrentarem essas questões críticas. O ajuste anual do relógio atrai atenção global e é frequentemente acompanhado por anúncios públicos e discussões. Este ano, o horário para o Relógio do Juízo Final será revelado em 23 de janeiro, com figuras notáveis como Bill Nye participando do anúncio, segundo o Metro.

Deixar comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.