O vôo que decolou em 2024 e pousou em 2023

por Lucas
0 comentário 38 visualizações

Os passageiros do voo NH106 da All Nippon Airways (ANA), voando de Tóquio, Japão, para Los Angeles, EUA, experimentaram o fenômeno único de celebrar o Ano Novo duas vezes devido às diferenças de fuso horário.

O voo, decolando à 00h50 em 1º de janeiro de 2024, de Tóquio, pousou em Los Angeles em 31 de dezembro de 2023, permitindo efetivamente que os passageiros vivenciassem a virada do ano duas vezes. Essa ocorrência incomum é resultado da significativa diferença de tempo entre as duas cidades, com Tóquio estando 17 horas à frente de Los Angeles.

O trajeto do voo contribuiu para essa experiência semelhante a uma viagem no tempo. A rotação da Terra e o posicionamento dos fusos horários significam que, ao viajar da Ásia para a América do Norte, essencialmente se “retrocede no tempo”. Isso porque o avião cruza a linha internacional de mudança de data, localizada no Oceano Pacífico entre a costa leste da Ásia e a costa oeste da América do Norte. À medida que os voos cruzam essa linha, há uma mudança na data, o que explica por que os passageiros do voo NH106 pousaram no dia anterior em relação ao horário de partida.

O voo cobriu uma distância de aproximadamente mais de 8 mil quilômetros, conforme registrado pela FlightAware, com duração de 9 horas e 24 minutos. Esse tipo de viagem não é único para o voo NH106. Outros voos que viajam da Ásia para a América experimentam ajustes de tempo semelhantes. Ao cruzar a linha internacional de mudança de data, voos da Ásia para a América efetivamente “retrocedem no tempo”, enquanto o oposto ocorre para voos da América para a Ásia.

Deixar comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.